PARQUES 01, 02 E LINEAR DE CATANDUVA

Catanduva . sp . Brasil

Desenvolvimento de projeto arquitetônico, paisagístico e complementares (estrutural, hidrossanitário e de drenagem) para uma sequência de parques urbanos

Projeto Executivo Concluído

Executado parcialmente em 2012

2012

 

Studio ilex . Arquitetura e Paisagem

+ Ipê-Amarelo . Arquitetura e Engenharia

arq. Leandro Schenk

eng. Fernando Machado

arq. Carolina Akemi

arq. Daniel Paschoalin

arq. Daniela Hladkyi

arq. Felipe dos Santos

arq. Lisandra Casagrande

arq. Mailton Sevilha

arq. Michel Platini

arq. Simone Tavares

arq. Rafael Sampaio

arq. Bárbara Guazzelli

est. Alexandre Vergara

est. Tatiane Mitsuhara

 

Projeto desenvolvido através da parceria entre Studio Ilex Arquitetura e Paisagem e Ipê-Amarelo Arquitetura e Engenharia, para a cidade de Catanduva – SP, o Projeto dos Parques 1, 2 e Linear contam com mais de 7km de extensão que acompanham o Rio São Domingos através de quase toda extensão da cidade. O parque abriga passeios para pedestres, ciclovias, ciclofaixas, quadras esportivas, estruturas de apoio (banheiros, lanchonete, bebedouros, etc.), passarelas de transposição do rio, mirantes, rampas e escadas de acesso, playgrounds, equipamentos de alongamento e exercício, lago artificial, além da estruturação paisagística que reconfigura a paisagem local.

 

O escritório Ipê-Amarelo ficou responsável pelo desenvolvimento dos projetos de estruturas, drenagem e hidrossanitários do parque, em destaque, o projeto das passarelas de transposição do rio e mirantes ao longo do parque linear.

 

Duas são as passarelas que vencem vãos de 35m a 47m, e que, no intuito de incorporar a linguagem sóbria utilizada no Parque, se estruturam como grandes treliças metálicas em aço cortem, que se debruçam sobre as margens do rio. 

A discrição da estrutura em aço cortem abre espaço para um amplo passeio em deck de madeira nativa certificada (Ipê) com aproximados 3m de largura, sombreados por um pergolado na mesma madeira, criando, além da travessia, um momento de estar e contemplação para os usuários do parque, onde estes podem contemplar a exuberância da mata ciliar (natural e recomposta), os nuances de fluxo do Rio São Domingos ou simplesmente transitar tranquilamente durante seu itnerário cotidiano.

 

Ao longo do parque linear também são dispostos mirantes que se debruçam ora em direção ao Rio, ora em meio a vegetação recomposta de suas margens, criando momentos de identificação e visualização destes importantes elementos (Rio e Vegetação) que entram na composição do projeto afim de revigorar a cidade.

 

A intenção de estabelecer o foco nas miradas e ambientes vegetais criados levou a criação de uma estrutura discreta para os mirantes, com o passeio de chegada em BGS (brita graduada simples) e a abertura em uma “clareira” com piso em deck de madeira nativa certificada, estruturado por um leve e oculto conjunto de vigas em concreto, que possibilitam o usuário se aproximar dos elementos naturais que vêm a recompor a paisagem de Catanduva.

 

(confira mais sobre os escritórios através dos links . Stuido Ilex | Ipê-Amarelo)

| clique nas imagens para ampliá-las e nas setas para navegar |

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Google+ - White Circle

Habitat | Arquitetura, Cidade e Paisagem

São José dos Campos . São Paulo . Brasil

 

habitat@habitat-acp.arq.br

+55 12 9 8212 3080 . +55 16 9 9216 6826

© 2013 por Habitat | Arquitetura Cidade Paisagem. Todo material divulgado no site é de propriedade intelectual dos autores. A reprodução sem respectiva autorização é estritamente proibida.